Simples Assim


( como a minha foto não estava boa, coloquei essa do siteL da auren Groveman, http://www.laurengroveman.com/)
Aqui em casa o alho é uma unanimidade. Todos gostam e em quase todas as receitas dou um jeitinho de usá-lo. Arroz com bastante alho frito, farofa de alho, mousse de alho, legumes ao alho, spaghetti alho e óleo… A relação é enorme.Além das receitas tenho sempre tenho dois potes com alho para acompanhar o aperitivo no final do dia ou para servir na saladinha. Um é com a compota de alho, que copiei do site da Associação Nacional dos Produtores de Alho – ANAPA – e já postei aqui no blog.

O outro é com Confit* de Alho que vi no blog da Laila, http://comidinhasdobem.blogspot.com/ e quis experimentar logo li. É mais elaborado, dá mais trabalho, pois a gente tem que ficar por perto do fogão durante 1 hora enquanto o alho cozinha, mas garanto que o resultado final vale a pena.Ele vira um creminho delicioso para a gente passar ,como um patê ,no pão na torrada com alguma ervinha como alecrim ou pedacinhos de roquefort. Fica uma delícia!

Essa foto é do site http://www.saveur.com/

 

A Lívia, minha filha, adora e leva para o colégio para dar um gostinho especial no almoço de cada dia, pois ela almoça por lá. As outras professoras, suas amigas, provaram e adoraram e sempre me cobram a receita. Então, promessa cumprida, aqui vai a receita do delicioso Confit de Alho da Laila, com algumas adaptações minhas

Essa, finalmente é minha, vejam como ele fica bonito entre outros petiscos


1 kg de alho roxo
aproximadamente 900 ml de óleo de girassol (eu substitui por azeite de oliva, pois fica mais gostoso)
1 raminho de alecrim
Pegue as cabeças de alho e coloque algumas horas (umas três) em uma tigela com bastante água. Esse processo vai ajudar a separá-los da cabeça e tirar aquela pelinha que os envolve mas mantendo a casca (caso a casca saia ele frita, não é o que queremos), pois ele deve cozinhar com a casca.
Coloque todos os alhos numa panela e cubra com o azeite, Coloque o alecrim e leve ao fogo bem baixinho para cozer por cerca de 1 hora, se ele ameaçar ferver, retire do fogo espere uns 5 minutos e depois volte ao calor (eu gosto de cozinhar com uma chapinha de ferro que uso para cozinhar arroz, pois cozinha no fogo bem baixinho).
Você saberá que está pronto quando apertar o alho e ele escapar pelo fundinho, como um purezinho.
Depois de frio, guarde em um pote de vidro e acrescente outros temperos que quiser, como pimenta rosa, mais folhas de alecrim,folhas de louro, tomilho, sal…


Depois me conte se não ficou uma delícia.


*A palavra confit vem do verbo francês “confire” ou seja, conservar. Hoje esse termo é usado exclusivamente para conservação de carnes ou frutas na gordura ou no açúcar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” O cozinheiro é um artista que vê no ingrediente uma tela em branco.Nos temperos as tintas e então com sua alma criativa mescla textura, formas e sabores, fazendo do prato de comida a mais pura obra de arte.”

Marina de Carvalho Mendes

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Categorias