Simples Assim


O Pudim perfeito – Uma receita infalível

outro-pudimPudim para mim é , sem dúvida, uma das melhores  sobremesas.Não conheço ninguém que não goste de um pudim de leite.Aquele cremoso, leve e com um suave sabor de baunilha. Acho que é a sobremesa mais tradicional. Naqueles dias em que a inspiração me foge e preciso fazer uma sobremesa, a primeira imagem que me vem a cabeça é o pudim, E sempre acerto, todos gostam.Apesar de simples, comum, o sabor é incomparável.
Nem sempre conseguia fazer “o pudim“, às vezes ficava duro, outras vezes mole,  outras com furo – o que não gosto.Tem gente que diz que pudim verdadeiro é aquele com furinhos.Respeito a opinião de cada um, mas pra mim pudim de verdade é aquele lisinho, sem nenhum sinal de furinho.Questão de gosto.
Nessa procura pela receita do pudim ideal encontrei uma que dizia “Pudim de Leite Infalível”, da culinarista cearense Selma Brandão. Por sinal, nunca mais ouvi falar dela, andei procurando ma Internet mas não encontrei nada.Se alguém souber alguma notícia dela, me avise, pois ela tem receitas ótimas.
Mas voltando ao pudim, fiz a receita da Selma e ela ficou simplesmente fantástica. Realmente é infalível.Segui todos os passos e o pudim ficou realmente “o pudim“.

Como coisa boa é pra dividir trago pra vocês a receita do Pudim Infalível da a Selma Brandão.

Pudim de Leite

Ingredientes:

    • 2 latas de leite condensado (usei MOCOCA)
    • 2 latas de leite (medidas na lata de leite moça)
    • 2 colheres de sopa de leite em pó
    • 8 gemas passadas na peneira
    • 1 colher de café de baunilha ( essa alteração é minha)
 Para a calda de caramelo:
  • 1 xícara de chá de açúcar
  • 1/2 xícara de água
  • 4 cm de casca de laranja (não usei)

Modo de Fazer:

  • Em uma tigela, misture as gemas, o leite moça, o leite condensado, o leite e o leite em pó.
  • Mexa bem
  • Passe tudo por uma peneira, repetindo o procedimento por 3 a 4 vezes.
  • Reserve.
  • Leve ao fogo uma forma de cone, própria para pudim, com capacidade para 2 e 1/2 litros.
  • Quando a forma estiver bem quente, esfregue no fundo e nas laterais a casa da laranja espetada num garfo (não fiz).
  • Descarte a casca e coloque o açúcar na forma, deixando derreter (sem mexer) até obter uma cor caramelada (cuidado neste ponto para não deixar queimar!!!)
  • Lentamente despeje por cima a água fervente, agora mexa um pouco e deixe no fogo até os cristais se dissolverem totalmente e  a calda chegar ao ponto de fio grosso.
  • Retire e a forma do fogo e, com o auxílio de luvas térmicas, gire-a pra revestir as paredes internas com a calda.
  • Leve a forma pra o congelador e deixe esfriar por 10 minutos.
  • Coloque o pudim na forma, tampe e leve ao forno em banho-maria por cerca de 1 hora.
  • Retire do forno, deixe arrefecer, leve à geladeira e só desenforme depois de bem frio.
  • Sirva gelado.
Minhas alterações:

1- Não usei a laranja, pois prefiro com baunilha.Acrescentei 1 colherinha de essência de baunilha.
2 – Fiz o mel à parte, pois não gosto de fazer diretamente na forma.Prefiro colocar numa panelinha o açúcar, deixar caramelar e depois jogar a água.Depois de pronto é que ponho na forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Queremos ouvir você!

Novidades!

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

“Cozinhar com sabor são delícias compartilhadas com amor !”

Aimara Shindler

Categorias