Simples Assim

Valeu a espera – O tão aguardado pão da Carol

Antes de ir ao forno
A receita desse pão rende uma longa história. Tudo começou quando a Ana Carol Crocks –  uma das integrantes do nosso grupo Amigas em Harmonia e que já partilhou delícias para nós como o Bolo de Limão prometeu fazer um pão para nós. .

 Segundo ela, esse pão era delicioso, fantástico, etc. Cada reunião nossa cobrávamos o tão famoso pão e ela sempre se desculpava. Ou era o tempo, ou a falta de tempo, ou não ficou bonito…A verdade é que o pão ficava só na promessa e a gente com água na boca.

Até que o grande dia chegou. Quando estávamos definindo o cardápio do Natal do nosso grupo, cobramos mais uma vez o “Pão da Carol”. Dessa vez ela não teve como escapar, apesar de ainda “ameaçar ” que se o dia estivesse frio e nublado não garantia a fornada, pois em tempos assim, como é sabido, as massas não crescem. E ficamos nós na torcida para que o dia da nossa festa surgisse com um lindo sol.
 E não é que fez mesmo? Tudo conspirou a favor.
A Carol, orgulhosa, com o seu pão e a Patrícia “espantada” com o resultado..
O grande dia então chegou.Já estávamos todas reunidas e nada de aparecer a Carol. Até que enfim ela chega toda cansada, mas com o sorriso de satisfação de quem cumpriu a promessa. Nas mãos o tão aguardado pão. Ainda na forma , esperando a hora de ser assado. Ela foi tão gentil que nos deu o prazer de degustar dessa delícia ainda quentinha. 
O melhor foi o aroma que se espalhou pela casa tornando nosso Natal ainda mais perfumado.E quando ele saiu do forno, triunfante, crescido, corado, não resistirmos aos “ohs! ” e  conseguimos até registrar até a expressão de surpresa da Patrícia com a obra da Carol.
Brincadeiras à parte, o pão era gostoso mesmo.E ela ainda fez em duas versões. : uma doce recheada com fatias de muçarela, banana picada, e chocolate meio amargo picado e uma salgada, com fatias de muçarela, geleia de pimenta, azeitonas verdes picadas e linguicinha defumada picada . É ou não é uma delícia ?.
Mas, a saga não terminou aí, queríamos a receita. Pensam que foi fácil? Nada disso.Depois de muita insistência ela nos mandou.E isso já em janeiro. Vejam só o que ela disse:
“Até que enfim, né meninas?
Quero começar o ano cumprindo minhas promessas. A primeira já foi, né Lídia? E a segunda é essa aqui. 

Aí está a tão esperada e cobrada receita do meu pãozinho. ahahahahahahahahahahahahaha
Espero que vocês façam mesmo pra comprovar!!!

Coloquem a criatividade pra funcionar e inventem milhares de recheios diferentes!!! O céu é o limite!!!!”

Obrigada, Carol, por partilhar conosco seu maravilhoso pão.
 E vocês, não deixem de experimentar essa delícia e , quando forem rechear, lembrem do conselho dela: ” o céu é o limite!!!”

Pão da Crocks
Ingredientes
xícara: 240ml       medidas-padrão

  • 1 e 1/3 de xícara de água morninha
  • 1 e ½ colher (sopa) de margarina
  • 1 e ½ colher (chá) de sal
  • 4 colheres (sopa) de leite em pó
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 4 xícaras de farinha de trigo
  • 2 colheres (chá) de fermento biológico seco (acrescento ½ colher de chá)

Como fazer:

  •  Misturar todos os ingredientes na ordem acima. 
  • A farinha, ir acrescentando aos poucos, e sovando, até dar o ponto de soltar das mãos. Pode ser que leve um pouco mais ou um pouco menos.
  • Depois da massa pronta, cobrir com pano úmido e deixar crescer por 1 hora (deixo dentro do forno desligado).
  • Polvilhar a bancada com farinha de trigo, abrir a massa com um rolo e distribuir o recheio.
  •  Enrolar como um rocambole. 
  • Pincelar gema de ovo por cima e deixar crescer novamente por mais 1 hora. 
  • Nessa hora coloco dentro do forno novamente. Se estiver um dia frio, ligar o forno de vez em quando numa temperatura bem baixinha, deixar uns 5 minutos e desligar. Fazer isso umas 3 vezes durante todo o crescimento.
  • Levar ao forno por cerca de 40 minutos.
Observações da Carol:
Essa massa é básica. Faço a mesma para recheios doces ou salgados.
A massa pode ser feita na batedeira (Planetária com o batedor tipo gancho) e também na máquina de pão (ciclo Massa).
Essa receita rende 2 pães grandes. Como os que levei pra vocês.

Recheio dos pães que levei:
Doce:
 fatias de muçarela, banana picada, polvilhei açúcar com canela por cima da banana e coloquei chocolate meio amargo picado.
Salgado
fatias de muçarela, geleia de pimenta, azeitonas verdes picadas e linguicinha defumada picada.
 Polvilhei orégano. 
Depois do rocambole enrolado salpiquei um pouquinho de alecrim por cima.
Com o auxílio de uma faquinha fiz um corte por cima dos rocamboles antes do crescimento.
Obs: Receitinha retirada do livro de receitas que acompanha a MultiPane, da Britânia.
 Pão de Ervas

  1. Lylia querida,

    Que linda história a desse pãozinho !
    O aspecto dele é maravilhoso e deve mesmo ser uma delicia tanto numa versão quanto noutra !
    Adorei a história, adorei o pão e adorei a sua visita por alturas do aniversário do Blog do Chocolate, obrigada mesmo Lylia, pois você é das pessoas que "está comigo" há mais tempo por lá. 🙂

    Beijinhos grandes *

  2. Queridas Leia, Oslaine, Susy, Luísa, Leili, Cecília, Marina, Angela, Raquel, Tina, Sandra, Lurdes, Cissa, Carla, Yves, Selene, Isabel, São e Vãnia
    Fico sempre muito feliz com a presença de vocês aqui.
    Perguntaram pelo tempo de forno.Desculpe, esqueci de colocar. Perguntei a Carol e ela disse que era algo em torno de 40 mintuos.
    Bj,
    Lylia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Facebook

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

"Cozinha é um grande laboratório de experiências e um lugar onde todos se divertem, basta perder o medo de arriscar, ousar, brincar. Palavra de Bruxa!"

Sandra Reis

Categorias