Simples Assim

Valentina’s Cake ou o Bolo da Valentina

Finalmente consegui cumprir a promessa que fiz a uma amiga muito especial, a Valentina. Fazer um bolo com o seu nome e postar aqui no Simples Assim. Antes tarde do que nunca, como bem ensina a sabedoria popular.

Agora vou contar a história desse bolo.Como já disse aqui,  quando estive com a Valentina, ela foi tão prestativa, tão generosa e acolhedora que não tive palavras para agradecer tanto carinho.Ela me surpreendeu em cada gesto.

Logo que chegamos, ela nos levou para conhecer a cidade, por sinal um lugar lindo. Como já estava tarde, as lojas já estavam todas fechadas. E, eu louca para encontrar uma forma, tipo Bundt, bem bonita, para fazer meus bolos Simples Assim. Já tinha procurado nas  várias cidades que tinha passado e , nada.

Será que eu encontro aqui aquelas formas de bolo bem bonita? “, perguntei a ela.
Claro, tem uma loja aqui onde  comprei umas bem bonitas para mim. Amanhã a gente volta aqui para comprar“, disse ela.
No outro dia, logo cedo, fomos ver o espetáculo das Bluebells, como já contei para você. Fiquei tão encantada com tudo que vi que esqueci o tempo passar, quando olhamos o relógio já era de pegar a estrada, pois nosso voo de volta era naquela mesmo dia. Então, meus planos de comprar a forma foram por água abaixo.
Quando voltamos do passeio, a Valentina preparou um café fresquinho que saboreamos com um pão igualmente fresquinho, mas com uma novidade para mim:   curd de maracujá . Nunca tinha provado. Simplesmente divino. Ficamos encantados, eu e meu marido. Na mesma hora ela embrulhou  e me entregou:
 ” É para você! “, disse.
Fiquei sem graça, mas tinha gostado tanto e, como não sabia se encontraria ou não aqui no Brasil aceitei o  presente. Conversa vai, conversa vem e eu, não me contive:
” Que pena que não deu para comprar a forma”, lamentei.
Prontamente , ela alcança no armário da cozinha uma forma linda e me entrega.
Fica para você, aqui é muito fácil de achar”.

Relutei em aceitar. Assim já era demais. Toda aquela generosidade – hospedagem, passeio, curd de maracujá e ainda por cima, a forma dos meus sonhos.

De jeito nenhum, Valentina”, retruquei.
Mais uma vez, ela insistiu tanto e vi que era sincera sua oferta que não tive como resistir.
Toda contente, fale :
Quando chegar no Brasil, vou fazer um bolo com essa forma que será o Valentina’s Cake”.

Para fazer o Bolo da Valentina queria usar a forma e o curd de maracujá. O problema é que o curd já estava acabando.E agora, o que fazer? Depressa, fui procurar uma receita para tentar reproduzir aquela gostosura. E, não é que encontrei? Lá estava no blog do Richie, a Cozinha Coletiva, que tanto gosto.

Fiz então o curd que ficou tão gostoso quanto o que a Valentina me deu. Agora , sim, poderia fazer o bolo, sem pena de usar o curd que ela havia me dado.
Aí está o bolo, querida Valentina, foi uma forma de dizer Muito Obrigada, por todo o carinho que você dispensou a mim e ao Lipel.
Valentina’s Cake

Ingredientes do Bolo :

  •     5 ovos
  •     2 xícaras de chá de açúcar
  •     200 g de manteiga
  •     1 xícara de chá de suco de maracujá integral
  •    3 xícaras de chá de farinha de trigo
  •     1 colher de sopa de fermento em pó
  •     1/4 xícara de semente de papoulas
Como fazer:

Massa:

  • Bata as claras em neve e reserve.
  • Na batedeira, bata o açúcar com a manteiga em temperatura ambiente.
  • Acrescente as gemas e bata até formar um creme.
  • Misturre alternadamente a farinha de trigo e o suco  maracujá.
  • Por último, misture as claras em neve e o fermento.
  • Coloque em forma untada e polvilhada.
  • Asse por mais ou menos 45 minutos.
 Curd de Maracujá, conforme está aqui

Ingredientes:

  • 3 ou 4 maracujás grandes;
  • 8 gemas de ovos grandes;
  • 1 xícara de açúcar;
  • 1/8 da colher de chá de sal;
  • 150g de manteiga gelada cortada em quadradinhos.

Preparo:

  • Abra os maracujás e passe as polpas por uma peneira, apertando com as costas de uma colher, até obter 1/2 xícara de suco.
  • Em uma panela de fundo grosso [caso não tenha, você pode utilizar um banho-maria em uma frigideira fina e com pouca água – eu fiz assim e recomendo], misture rapidamente o suco obtido, o açúcar e as gemas passadas na peneira.
  • Leve ao fogo médio alto [ou médio baixo, se você estiver com a panela diretamente sobre a chama] e cozinhe, mexendo o tempo todo com uma espátula [não esqueça de raspar as laterais da panela], por de 8 a 10 minutos, até que o creme cubra as costas de uma colher [é o chamado “ponto de rosa”]. A mistura não deve ferver.
  • Remova a panela do fogo, e adicione o sal e a manteiga – um pedaço por vez – mexendo até incorporar completamente cada pedaço e a mistura ficar lisa e cremosa.
  • Passe o creme de uma vez por uma peneira fina.
  • Guarde o creme na geladeira em uma tigela, coberto por um filme plástico na superfície [para não formar aquela película] por no mínimo uma hora.
  • A curd se torna mais espessa conforme esfria.
Nota: Fica uma delícia por sobre torradas ou biscoitos.
Outros Bolos Simples Assim:

  1. Nooooooossa!
    Teu post ficou super especial…
    O bolo parece delicioso e o courd também. Peguei a receita e vou furar a fila das que já tenho no blog kkkkkk
    Parabéns p/Valentina pelo carinho que teve contigo, e parabéns p/você pq mereceu esse carrinho.
    Bjsssssssssss

  2. Querida Lylia que lindo relato e que linda a Valentina, com um coração generoso demais. Um gesto lindo em lhe oferecer a forma, linda por sinal. Adorei o bolo, o curd de maracujá para mim foi uma surpresa tbém, não conhecia. Bela homenagem a uma pessoa que mereceu com louvores. Beijinhos, ótimo final de semana

  3. Bela homenagem que você prestou a sua amiga batizando o bolo com o nome dela, viu! Esse seu bolo ficou simplesmente irresistível, impossível n olhar para ele e nao desejar uma fatia! A forma é o máximo, vou procurar uma dessa para mim tomará encontrar! Beijinhos carinhosos e um excelente FDS

  4. Um dia um certo dia, talvez já não se possa,
    nesta vida, recomeçar.
    Não deixemos que o tempo passe e,
    com ele, a ocasião de recomeçar
    um dia que podemos encher de felicidade.
    Recomeçar de um ponto de um lugar.
    Recomeçar com um gesto, com uma palavra,
    com um abraço
    O sucesso nessa vida depende de nós ,
    mais acima de tudo de Deus.
    A você um abençoado final de semana.
    Beijos e meu eterno carinho.
    Evanir..

  5. Lylia amiga, tinha feito um comentário aqui assim que via postarem. Mas acho que algo deu errado. Como vc sabe, foi um prazer imenso para mim tê-los aqui. Foi um momento que enriqueceu a minha vida. As boas conversas, as risadas. Desde o momento em que nos encontramos no hotel para ir jantar. Eu te agradeço sem igual pelo prazer da tua amizade, da tua companhia, da imensa bondade que tens no coração. Compartilhar um pouco do meu mundo foi a minha forma de agradecimento. O bolo ficou lindíssimo.
    : 0 ). Vou fazê-lo também. Um abraço bem apertado e saudoso. Nos vemos em agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Facebook

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

"Cozinha é um grande laboratório de experiências e um lugar onde todos se divertem, basta perder o medo de arriscar, ousar, brincar. Palavra de Bruxa!"

Sandra Reis

Categorias