Simples Assim


Receita de família – Bolo de Palmito

Tenho um carinho todo especial por receitas de família.Aquelas antigas, escritas à mão, com as páginas amareladas pelo uso .Sinal de que foi muito “visitada”.Meu primeiro caderno de culinária é um exemplo.Nele estão receitas da minha infância, aquelas que mais gostava e que eram sempre sucesso na minha casa.Receitas certeiras que não tem como dar errado.Como esse Bolo de palmito. Na época, nos anos 1970, as receitas de liquidificador começaram a surgir e , pela praticidade, faziam o maior sucesso.A minha mãe, que sempre gostou de novidades na cozinha, se apressou em fazer lá em casa e a aprovação foi geral.
Outro dia, estava pensando em fazer algo gostoso para receber minha irmã Flávia, que chegava de Fortaleza, lembrei logo desse bolo, que ela adora.
Não precisa nem dizer o quanto ela ficou contente com a surpresa, pois nunca mais tinha feito aqui em casa. São tantas receitas novas para serem testadas que vou deixando as antigas para trás.
Apesar de essa, ser uma receita, conhecida por muitas de vocês, lembrei que ainda não tinha colocado aqui no blog.E, achei que seria uma ótima opção para nossa segunda sem carne.
Que nossa semana seja iluminada , produtiva e muito saborosa.

Bolo de Palmito
Ingredientes:

  • 5 ovos
  • 1 xícara de leite
  • 3/4 xícara de óleo ( a receita pede 1/2 xícara , mas prefiro colocar mais, pois fica mais macio)
  • 50 g de queijo ralado
  • 12 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • sal à gosto

Para o refogado

  • 1 vidro grande palmito
  • 1 cebola
  • 3 tomates
  • 1/2 pimentão
  • 3 dentes de alho
  • azeite de oliva
  • sal

Como fazer:

  • Primeiro faça o refogado:
  • Corte os tomates, a cebola, o alho e o pimentão em pedacinhos.
  • Em uma panela coloque 3 colheres de azeite de oliva e os pedacinhos de cebola e alho.
  • Doure um pouco, acrescente os tomates, o pimentão e vá mexendo até os temperos ficarem macios.
  • Tempere com sal e pimenta do reino branca .Acrescente o palmito picado, mexa mais um pouco.
  • Apague o fogo e deixe esfriar para ser usado.
  • Bata no liquidificador todos os ingredientes do bolo, menos o fermento em pó.
  • Despeje a massa em uma tigela e acrescente o fermento.Mexa somente para misturar.
  • Pincele um pirex com margarina coloque metade da massa, o recheio e o restante da massa.
  • Leve ao forno preaquecido até assar.
  • Faça o teste do palito , se sair limpo está bom.

Sirva quente.
Acompanhado de uma salada é uma deliciosa refeição.
Outras sugestões Simples assim para a segunda sem carne.
Canelone de berinjela
Abobrinha em lâminas
Enrolado rústico de escarola

  1. Oi Lylia!
    Eu não abro mão do meu caderninho de receitas, e também aproveito muito as receitas de "família" das amigas. pq com certeza são as melhores que encontramos.
    Mais uma receita que eu levo do seu cantinho. Meu maior problema é encontrar um palmito bom por aqui. Quase sempre os bons mesmo vão p/as churrascarias aqui do RJ.
    RJ perde feio em relação a SP e + alguns estados no que diz respeito a alimentação. Uma pena, mas é vdd!
    Bjsss querida e uma semana abençoada p/vcs

  2. Lylia, sabe que tbm temos um caderno assim amarelado cheio de boas receitas e lembranças, minha irmã mais velha ficou com ele, mas me deixa disponivel sempre que quero.
    Seu bolo está com um aspecto tão bom, que fiquei faminta assim que vi a foto, é sério isso, quero muito experimentar, já levei.
    Desejo uma ótima semana pra vc.

  3. Lylia,
    Meu primeiro caderno está desse jeito mesmo. Ainda assim, a gente guarda e até sabe mais ou menos em que altura está a receita que procuramos.
    Essas tortas são uma praticidade e o sabor sempre agrada.
    Boa semana pra você!
    Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” Cozinhar é o tipo de coisa que exige um pouco de paixão e ilusão.”

Nina Horta

Facebook

Publicidade

Pinterest

Google Plus

Categorias