Simples Assim


Receita para uma vida mais leve – 5 dicas para aliviar o estresse de cada dia

 

Uma tarefa diária que me propus: viver sem estresse.Fácil? Não, não é. Quando penso que está tudo sob controle algo inesperado acontece e o tal do estresse chega sem pedir licença.Mas não desisto.Livros, meditação, hábitos mais saudáveis e técnicas de relaxamento tem me ajudado a ter uma vida mais leve, apesar dessas recaídas.Mas, sempre é bom estar atenta e praticar a leveza na vida.
Como sei que o assunto não atinge só a mim partilho com você umas dicas legais que vão nos ajudar nesse desafio.
Ah! Antes que você me pergunte se estresse se escreve dessa forma ou assim – stress –  vou vou tirar essa dúvida que esclareci com o professor Pasquale. A palavra stress é de origem inglesa mas já foi “aportuguesada” passando a ser escrita estresse.
Confira agora essas dicas e perceba que viver sem estresse é muito melhor.
1 – Identifique as suas fontes de estresse.
De todos, este é o passo mais importante. Ser capaz de identificar as suas fontes de estresse é o primeiro passo para poder eliminá-las efetivamente. Pare para pensar 5 ou 10 minutos sobre as coisas que tornam os seus dias  mais estressantes. Quais são as pessoas, as atividades, as tarefas ou as coisas que considera serem a raiz de todo o seu estresse? Elabore uma lista das top 10 e veja o que pode ser eliminado . Para aquelas que não têm uma solução definitiva, procure formas de as atenuar, tornando-as menos estressantes.
2 – Elimine obrigações desnecessárias.
A nossa vida está cheia de obrigações, começando com as profissionais e passando pelas familiares, as cívicas, as tarefas domésticas e aquelas ligadas a instituições, associações ou paróquias; terminando nos passatempos, atividades desportivas, culturais e online, entre muitas outras. Pese cada uma individualmente: a quantidade de estresse que produzem versus o valor que retira de cada uma. Seja radical e faça o que tiver de fazer para eliminar aquelas que lhe proporcionam mais estresse do que prazer.
3 – Procrastinação.
Deixar para amanhã aquilo que pode ser feito hoje – todos fazemos isto! Só que ao deixar que os afazeres da sua vida se amontoem, também gera estresse. Desenvolva o hábito de “fazer agora” ou “tratar imediatamente” e mantenha tudo sobre controle e em dia.
4 – Desorganização.
Todos temos uma pontinha de desorganização dentro de nós. E a desorganização também é estressante – visualmente é horrível e, se nos impede de encontrar as coisas que necessitamos, pior ainda! Reserve um tempinho para se organizar: comece com o escritório e os mil e um papéis que lá estão , passando progressivamente para as coisas de casa.
5 – Atrasado.
Estar atrasado estressa qualquer um. Aprenda a chegar cedo, faça deste um novo hábito e vai ver como se livra desse maldito estresse! Faça um esforço consciente para chegar sempre cedo, assim também poderá sair mais cedo. Cronometre, por exemplo, o tempo que demora a se arrumar, sair de casa e chegar ao emprego, por exemplo… de repente é até mais rápido do que pensa, não? Uma vez familiarizado com os seus “tempos”, basta começar 10 minutos mais cedo, para chegar a todo o compromisso com 10 minutos de antecedência, com calma e sem estresse… é uma sensação fantástica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

"Cozinha é um grande laboratório de experiências e um lugar onde todos se divertem, basta perder o medo de arriscar, ousar, brincar. Palavra de Bruxa!"

Sandra Reis

Categorias