Simples Assim


Bacalhau com natas – vale a pena fazer de novo

 A Páscoa já está chegando e, com ela, nossos cuidados em organizar um cardápio gostoso e criativo para esse período. Muita gente já me pediu sugestões.
Ontem, quando uma leitora me perguntou o que fazer com umas lascas de bacalhau que tinha no freezer, lembrei logo dessa receita. Bacalhau com natas, uma ótima opção para nosso “Vale a pena fazer de novo” de hoje.
Além de gostoso é daqueles pratos que dispensa até acompanhamento. O máximo um arroz branco fresquinho.Você também pode servir em porções individuais que fica bem charmoso.
Pena que esqueci de tirar foto quando partido para vocês verem sua cremosidade.
Que nossa quinta seja tão gostosa quanto esse bacalhau.

Bacalhau com Natas – receita daqui e que já esteve no aqui no blog

Ingredientes:
  • 5 batatas grandes em cubinhos
  • 1 k de bacalhau em lascas, sem espinhas e pele (*)
  • 1 litro de leite
  • 200 ml de creme de leite fresco
  • 2 cebolas grandes em meia-lua bem fininhas
  • 4 dentes de alho bem picados
  • azeite a gosto
  • 2 colheres, das de sopa, de manteiga
  • 2 colheres, das de sopa, bem cheias de farinha de trigo
  • sal e pimenta a gosto
  • noz moscada a gosto
  • 3 colheres, das de sopa, de parmesão ralado
  • (*) Você pode usar o bacalhau comprado já desfiado.
Como fazer:
As batatas:
  • Cozinhe as batatas em água até ficarem al dente (na receita original as batatas são fritas em azeite ou óleo. Eu fiz como a Kris, cozinhei, para ficar mais light.)
  • Mas você pode fritar, sem deixar dourar.
O bacalhau:
  • Lave bem o bacalhau e deixe de molho por 24 horas.
  • Coloque uma panela grande no fogo com o leite e o bacalhau e espere o leite ferver. Escorra o bacalhau, reserve o leite e solte lascas do bacalhau.
  • Reserve.
  • Aqueça uma frigideira com o azeite e acrescente os alhos e as cebolas.
  • Refogue a cebola até ela ficar transparente e acrescente o bacalhau desfiado.
  • Refogue bem, tempere com pimenta e corrija o sal.
  • Reserve.
Para o bechamel:
  • Aqueça uma caçarola com a manteiga e junte a farinha de trigo.
  • Mexa bem e acrescente o leite, aos poucos. Continue mexendo, com um fouet (batedor de arame) até o leite engrossar.
  • Junte o creme de leite e acerte o sal (o leite já deve estar levemente salgado por causa do bacalhau), tempere com noz moscada e reserve.
Montagem do prato:
  • Em um pirex refratário espalhe azeite de oliva, espalhe o bacalhau, as batatas e o molho bechamel.
  • Polvilhe bastante queijo parmesão ralado e leve ao forno até gratinar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” O cozinheiro é um artista que vê no ingrediente uma tela em branco.Nos temperos as tintas e então com sua alma criativa mescla textura, formas e sabores, fazendo do prato de comida a mais pura obra de arte.”

Marina de Carvalho Mendes

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Categorias