Simples Assim


Pão branco com mel – Ciranda de Receitas

pao-da-lilya

Hoje o Simples Assim está em festa. Vamos comemorar o  pão de número 150 da nossa querida  Angela, do Ora Pitangas. É ou não é uma honra? Quando vi que ela seria o meu par nessa Ciranda de Receitas já fiquei feliz por vários motivos e depois quando ela me manda a receita e diz que eu vou  hospedar o seu pão de número 150, fiquei , então, radiante.

Tenho um carinho muito especial por ela. Quando eu comecei com o Simples Assim o Ora Pitangas era uma referência para mim. Gostava de visitá-lo, sentir o aroma do pão, partilhar da boa prosa e da simpatia da Angela. Até que um dia, nessas felizes coincidências da vida, nos encontramos na primeira edição do Encontro Gourmet. E foi “amizade à primeira vista”, logo nos identificamos e iniciamos uma conversa que continua até hoje. Ano passado tive o prazer de visitá-la na sua aconchegante casa onde fui recepcionada com muito carinho pelas blogueiras de Sorocaba. Um dia inesquecível.

Mas chega de conversa. Vou abrir espaço para a Angela apresentar o seu pão enquanto vou cirandar por aí. Não deixe de conferir as delícias que estão em mais uma rodada dessa deliciosa Ciranda de Receitas.
angelaOi amiga,todos sabem que sou blogueira das antigas, do tempo em blogar era outra coisa, mas como tudo evolui na vida, o blog também não poderia ficar de fora.

muito mudou mas as verdadeiras amizades permaneceram e solidificaram.

conheci a Lylia via comentários e lá fui eu conferir, ela ainda blogava com uma parceira, me senti tão bem tão acolhida na cozinha dela e fui ficando e ficando mais intima.

foi indescritível o dia que nos conhecemos a empatia que já era enorme, transbordou.

hoje tenho a honra e a alegria de recebe-la aqui na minha cozinha, já sentindo toda a energia positiva desta pessoa tão especial, excelente cozinheira, parceira de brindes, festeira, alegre e vibrante.

querida amiga, estou feliz demais!
pao-da-lilyaEntão chegou o nosso dia!

Que felicidade é a minha, especialmente porque você vai ser a blogueira a hospedar o meu pão de numero 150, não poderia esperar um lugar melhor “mais acolhedor” para este pão.

Bem amiga, de novo trago um pão simples com poucos ingredientes, como sempre de fermentação lenta, é um pão que surgiu de um aproveitamento de uma sobrinha de mel que açucarou no fundo do vidro, confesso que não saberia dizer se seriam 2 ou 4 colheres, apostei em três, que seria mais ou menos o que usaria de açúcar para esta quantidade de farinha.

Uso sempre mel para pães escuros, para branco raramente uso, mas este pão ficou excelente. espero que você goste.

Pão branco com mel

  • 4 xícaras de farinha de trigo branca (aproximadamente)
  • 1 colher de sopa rasa de sal
  • 3 colheres de sopa de mel
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 300 ml de agua mineral
  • 1 colher de sobremesa de fermento seco biológico
Como fazer:
  • Junte o mel, a água e o azeite num copo medidor e bata ligeiramente com garfo ou fouet.
  • Misture os secos, reservando mais ou menos 1 xícara de farinha para a sova
  • Faça uma cova despeje os liquido do copo medidor, misture bem e sove, agregando a farinha reservada, por alguns minutos até ficar uma massa lisa e macia.
  • Deixe a massa descansando por pelo menos 3 horas, depois deste período abaixe a massa a cada meia hora , repita o procedimento por duas ou três vezes, sempre usando o mínimo de farinha possível.
  • Modele o pão com desejar, peneire farinha, faça os cortes e deixe crescer por mais uns 30 minutos, em seguida leve ao forno pré aquecido e assar até ficar bem dourado.
    dica-da-angela
dica

quem faz pão sempre comenta que a quantidade de farinha depende de algumas variáveis, como por exemplo o grau de umidade da região onde a pessoa se encontra e a qualidade da farinha, pois uma farinha escura, velha e pobre em proteína não dará um bom retorno, procure farinha com data recente de fabricação, leia o rotulo e quando encontrar uma boa farinha e se ajustar com ela, não a abandone, reserve para os seus pães, farinha para bolo é muito mais fácil de achar, vai por mim…

toda vez que usar azeite, que é mais espesso que óleo, recomendo “diluir” no outro veiculo liquido, pois se isto não ocorrer, corre-se o risco do azeite encapar as moléculas do glúten e não permitir o crescimento adequado,

este pão foi feito com uma sobra de mel que açucarou no fundo do vidro, para diluir usei água aquecida, depois que soltou bem, peneirei usando uma peneira de malha fina, aguardei a mistura esfriar antes de agregar o azeite.
logomarca-ciranda2-300x278Blogs participantes:
Abóbora Menina – http://aboboramenina-cristina.blogspot.com.br/…
Ana Claudia na Cozinha – http://www.anaclaudianacozinha.com/
Artes da Mel – http://www.artesdamel.com.br/
Brisando na Cozinha – http://www.brisandonacozinha.com/
CamomilaRosa e Alecrim – http://camomilarosaealecrim.blogspot.com.br/…
Casa, Coisas e Sabores – http://www.casacoisasesabores.com.br/…
Cozinhar é Preciso – http://cozinharehpreciso.blogspot.com.br/…
Na Cozinha Lá de Casa – http://www.nacozinhaladecasa.com.br/…
NacoZinha Brasil – http://www.nacozinhabrasil.com/
Menu Criativo – http://www.menucriativo.com/
Ohh Céus! – http://ohhceuss.blogspot.com.br/
Ora Pitangas – http://orapitangas.blogspot.com.br/
Pilotando um Fogão – http://www.pilotandoumfogao.com.br/
Receber e Celebrar – http://receberecelebrar.blogspot.com.br/…
Receita Esperta – http://www.receitaesperta.com.br/
Saboreando a Vida – http://saborear-saboreandoavida.blogspot.com.br/…
Sabores da Vida – http://saboresdavida.net.br/
Simplezas – https://simplezas.com.br/
Simples Assim – http://www.sosimplesassim.com.br/
Teretetê na Cozinha – http://www.teretetenacozinha.com.br/…

  1. Bom dia, Lylia!
    Começaria muito bem meu dia saboreando um pão como esse da Ângela. Que carinha boa!
    Essa foto mostra que o encontro foi memorável e quanto sinto não ter podido estar lá com vocês.
    É sempre muito bom que, pelo menos, uma vez ao ano, possamos matar a saudade.
    Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” O cozinheiro é um artista que vê no ingrediente uma tela em branco.Nos temperos as tintas e então com sua alma criativa mescla textura, formas e sabores, fazendo do prato de comida a mais pura obra de arte.”

Marina de Carvalho Mendes

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Categorias