Simples Assim


Terrine de Rúcula – Vale a pena fazer de novo

terrine de rúcula

Vocês já notaram que este mês minhas postagens têm sido dedicadas às sugestões para o Natal? Hoje não vai ser diferente. No ” Vale a pena fazer de novo” de hoje trouxe uma deliciosa entrada que faz muito sucesso aqui em casa: ” Terrine de Rúcula”.

Fácil, leve e saborosa ela ainda tem a vantagem de deixar sua mesa ainda mais bonita, pois tem as cores do Natal.

Se você quiser alguma sugestão, uma ideia para sua ceia, fique à vontade para me perguntar que terei o maior prazer em lhe ajudar.

Que nossa quinta seja de muita alegria.

Terrine de rúcula – receita daqui

Ingredientes:
. 1 envelope de gelatina incolor sem sabor
. 1 maço de rúcula, sem os talos, cortado em tiras finas
. 4 colheres (sopa) de maionese
. 1 xícara de iogurte natural
. 1 tablete de caldo legumes
. 3/4 de xícara de creme de leite fresco ( usei creme de leite comum mesmo)
. Azeite para untar

Para o molho

. 2 colheres (sopa) de manjericão picado
. 3 colheres (sopa) de suco de limão
. 8 colheres (sopa) de azeite de oliva
. 3 colheres (sopa) de vinagre balsâmico

Acompanhamentos

. 18 bolinhas de muçarela de búfala 6 fatias de tomate

Como fazer a terrine:
  • Hidrate a gelatina e dissolva em banho-maria.
  • Em uma vasilha, misture os demais ingredientes.
  • Junte a gelatina e transfira para a forma escolhida ( eu coloquei em uma forma pequena de pão) untada com azeite.
  • Leve à geladeira por seis horas.
Prepare o molho
  • Em uma vasilha, misture todos os ingredientes
  • Desenforme a terrine sobre o prato de servir
  • Fatie e sirva cada porção com três bolinhas de muçarela e uma fatia de tomate, regada com o molho.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” O cozinheiro é um artista que vê no ingrediente uma tela em branco.Nos temperos as tintas e então com sua alma criativa mescla textura, formas e sabores, fazendo do prato de comida a mais pura obra de arte.”

Marina de Carvalho Mendes

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Categorias