Simples Assim


Escondidinho de sobras – De tudo ficou um pouco..

Eu sou exagerada com comida, reconheço. Tudo que faço, faço em grande quantidade. Quando vejo tudo pronto, eu mesma me pergunto:

” Quantas pessoas vão comer  mesmo ?”
Aí vejo que minha família , aqui em Brasília – diga-se de passagem –  se resume a meu marido, minha filha, Lívia,  e minha irmã, Flávia. Então somos quatro, mas a comida é sempre para muito mais de oito, dez. Mania minha.

No final do ano tive a alegria de contar com a presença da minha outra filha, Lia e seu marido João. Aí já viu que exagerei ainda mais, não?

No início do ano minha geladeira estava cheia de sobras de pernil, tender e outras comidas típicas dessa época. O que fazer?

Lembrei de Drummond quando escreveu: ” de tudo ficou um pouco…” Não tive dúvida: desfiei as carnes, dourei na cebola e azeite e acrescentei azeitonas, ervilhas frescas, passas, castanhas , pedacinhos de queijo e outras coisinhas que fui achando e coloquei em um pirex untado, cobri com requeijão  e por cima um delicioso purê feito com batata baroa e inglesa, salpiquei queijo ralado e levei ao forno. Que tal?

Além de simples assim, delicioso.

Se sua geladeira está com o mesmo estoque que a minha experimente fazer isso e dê uma cara nova às comidas que fizeram sucesso ontem.

Em 2017  exercite a criatividade e veja quanto coisa boa vai surgir. E, lembre-se:

“De tudo ficaram três coisas…
A certeza de que estamos começando…
A certeza de que é preciso continuar…
A certeza de que podemos ser interrompidos
antes de terminar…
Façamos da interrupção um caminho novo…
Da queda, um passo de dança…
Do medo, uma escada…
Do sonho, uma ponte…
Da procura, um encontro!” ( Fernando Sabino)

Tente, invente, faça diferente.
Mais uma vez, FELIZ 2017 para todos nós!

  1. Oi Lylia
    Nestas alturas já não tenho mais nenhum restinho do Natal, aliás, comemos a mesma comida dois dias, sem falar nas vasilhas que despachei pra minha mãe e irmã.
    Fomos meio exageradas, confesso.
    O seu reaproveitamento ficou com uma cara ótima, você é muito criativa.
    Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” Cozinhar é o tipo de coisa que exige um pouco de paixão e ilusão.”

Nina Horta

Facebook

Publicidade

Pinterest

Google Plus

Categorias