Simples Assim


Molho pesto , para a noite mais longa do ano


Ontem o calendário assinalava o Solstício de Inverno, que marca a chegada da estação, Aliás, Solstício significa sol parado, em latim. O fenômeno acontece quando o Sol nasce e se põe no ponto mais afastado ao norte dos pontos cardeais leste e oeste. É também neste dia que, no Hemisfério Sul, temos o dia mais curto e a noite mais longa do ano.

Para mim, esta é a melhor época do ano, apesar de aqui em Brasília termos só uma amostra do inverno. Mas, mesmo assim dá pra brincar que está fazendo frio e aproveitar a estação.

Boa razão para celebrar, não? Já que é a noite mais longa do ano, vamos curtir esse momento. E com esse espírito abrimos um vinho e meu marido se ofereceu pra fazer uma massa. Sorte dele, pois já tinha um molho pesto ainda fresquinho na geladeira, então foi só cozinhar uma bom Fettuccine al dente , sentar e aproveitar o momento.

Tenho várias receitas de molho Pesto, mas essa da Rita Lobo  é uma delícia. Por sinal, as receitas dela dão sempre certo. Vale a pena experimentar:

A receita original está aqui

Molho pesto da Rita Lobo

Ingredientes

  • 4 dentes de alho
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 xícara de chá de manjericão fresco
  • 3 colheres de chá de pinoli ou de nozes (sem casca)
  • 100 g de queijo peccorino ou de parmesão ralado
  • 1/2 xícara de chá de azeite de oliva
  • pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo

  • Com a ajuda de uma faca, descasque os dentes de alho. Passe pelo espremedor e coloque a pasta de alho numa tigela. Acrescente 1 colher (chá) de sal e misture muito bem.
  • No processador de alimentos ou com um pilão, triture os pinoli ou as nozes. Em seguida, junte os pinoli ou as nozes à pasta de alho e sal e misture bem.
  • Sob água corrente, lave muito bem as folhas de manjericão. Seque com papel-toalha. Com uma faca afiada, pique fino o manjericão. A seguir, acrescente as folhas picadas à mistura de alho e pinoli (ou nozes). Misture bem.
  • Por último, junte o queijo e o azeite e misture muito bem até obter uma pasta homogênea. Tempere com um pouco de pimenta-do-reino e sirva a seguir. Se quiser armazenar, transfira para um pote de vidro esterilizado e mantenha em geladeira.

Comemore também a chegada do inverno com esse delicioso molho. Ah! E sirva em travessas bonitas. Faz toda a diferença. Eu usei umas especiais, pintadas à mão com todo o capricho pela minha amiga Nara, que não vejo há muitos anos – pois não mora mais em Brasília – mas que está aqui no coração.

Não falei, que eram lindas?

Servir uma massa num recipiente assim dá outro sabor.

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” O cozinheiro é um artista que vê no ingrediente uma tela em branco.Nos temperos as tintas e então com sua alma criativa mescla textura, formas e sabores, fazendo do prato de comida a mais pura obra de arte.”

Marina de Carvalho Mendes

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Categorias