Simples Assim


Dry Martini – um drinque com história

Dry Martini. Um drinque especial para celebrar minha chegada.Que bom estar novamente com vocês, conversarmos, ver tantas receitas gostosas e tanto carinho nos comentários que vocês deixaram.
Foram dias muito intensos. Como falei, estava com meus pais. Um tempo de muito amor, dedicação e encontro. Estar com eles me mostrou o quanto são importantes para mim e como estão presentes em minha vida em cada gesto meu, em cada palavra , em cada ação. Sou uma extensão deles, o que me faz muito feliz.
Quando era criança, meu pai sempre dizia que a melhor herança que poderia deixar para as filhas era educação. E hoje percebo o quanto ele tinha razão e o quanto se esmerou para isso..Ele, juntamente com minha mãe, não mediram esforços para nos colocar nos caminhos da vida, nos fazermos pessoas melhores e dignas do nome que carregamos. Obrigada aos dois por todo o amor que dedicam a nós. O mínimo que posso fazer é retribuir um pouco de todo esse amor.
Quando olho para trás vejo que sempre estarei em débito para com eles e que tudo que fizer, ainda será pouco para retribuir o imenso amor que desde sempre tiveram por mim.
E para celebrar o meu retorno, celebrar a vida, nada como um brinde com um drinque especial.Até porque hoje é uma segunda diferente.Início de semana pré-carnaval, tempo de enchermos a alma de alegria  e a casa com comidinhas e bebidinhas gostosas.
O drinque de hoje é o preferido do meu marido. Ele prepara para brindar os momentos especiais da vida. E, nada melhor, do que ele mesmo para nos dar essa receita que ele prepara com tanta perfeição.
Que tenhamos uma semana leve e saborosa e com muitos motivos para celebrar a vida.

 Dry Martini by Lipel

Um dry martini que se preze não deve ser complicado. Há alguns anos provei um dry martini  em Nova York e fiquei encantado com o sabor. Desde aí não parei de pesquisar aquela receita…parece que, finalmente, consegui!

 Vamos á ela.”

Ingredientes:

  • Gim
  • Gelo picado
  • Gelo em cubos
  • Copo em forma de  taça aberta
  • Coqueteleira
  • Uma azeitona espetada no palito (  na foto tem vários pedaços de azeitonas, pois no dia, não tinha azeitona inteira na despensa…)
Modo de fazer:
  • Coloque o gelo picado dentro do copo e deixe descansar.
  • Coloque uma dose de gim e gelo picado a gosto dentro da coqueteleira e mexa bem.
  • Agora tire o gelo picado do copo e coloque um cubo de gelo no copo, girando-o com a mão para que o copo  fique bem gelado. Depois jogue o gelo fora e coloque o gim batido no copo.
  • Ponha a azeitona dentro da bebida e faça o brinde. Se quiser enfeitar coloque uma tirinha de casca de limão retorcia na borda do copo.

Apesar do nome o drinque não leva Martini.
Tim tim!

  1. Que delícia estes drinques com os petiscos…estar com quem a gente ama é tudo de bom sempre! ando meio sumidinha dos comentários, mas estou finalizando meu livro e aí cada tempinho que sobra é essencial…mas sempre estou te espiando! beijos e boa semana!

  2. Oi Lylia celebrar é sempre muito bom.Que linda essa gratidão e o amor que você demonstra pelos seus pais.Que Deus os abençoe com uma vida longa e que a sua também seja assim, sempre cheia de motivos para celebrar.Adorei as receitas do maridão.Beijos e boa semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Queremos ouvir você!

Novidades!

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

“Cozinhar com sabor são delícias compartilhadas com amor !”

Aimara Shindler

Categorias