Simples Assim

Receita para uma vida mais leve – 6 dicas da ciência para ser mais feliz

be-postive
Felicidade é o que mais buscamos, não? Quem não quer ser feliz? Mas ser feliz de verdade e não por alguns momentos.Segundo especialistas a felicidade não é apenas um estado emocional. Na verdade, a ciência mostra , depois de décadas de pesquisa, que  é algo  bem mais profundo e , que pode sim, ser conquistado. Pequenas atitudes, segundo cientistas, independentemente do nosso meio ambiente ou genética, são essenciais para alcançar a  felicidade tão procurada.E são simples assim de serem praticadas.Ser feliz vale a pena sim, afinal as pessoas felizes vivem vidas mais longas e saudáveis como indicam estudos.
Que tal experimentarmos essas sete dicas sugeridas pelos especialistas?

1 – Seja positivo

  Um estudo da Universidade de Harvard (EUA) descobriu que os otimistas não só são mais felizes, como são 50% menos propensos a ter doença cardíaca, um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral.
A conclusão é que manter uma perspectiva positiva oferece proteção contra doenças cardiovasculares. Por outro lado, os pessimistas têm níveis mais baixos de felicidade em comparação com os otimistas e têm três vezes mais chances de desenvolver problemas de saúde à medida que envelhecem.

2 – Trabalhe menos

 O ideal é  equilibrar o trabalho com o tempo livre que deve ser dedicado à família, amigos e programas na sua comunidade

3 – Concentre-se em experiências

  Estudos mostram que pessoas que se concentram em experiências ao invés de se focar em “ter coisas” têm níveis mais elevados de satisfação, mesmo muito tempo depois que a experiência passou.
As experiências também unem mais as pessoas, o que pode contribuir para a sua felicidade.

4 – Construa uma rede social

 Uma pesquisa mostra que um sistema de apoio social forte pode aumentar nossa expectativa de vida.
Estudos mostraram que a solidão leva a maiores taxas de depressão, problemas de saúde e estresse. Ou seja, vale a pena ter pelo menos um amigo próximo para aumentar seu nível de felicidade e saúde.
trabalho-voluntario

 

5 – Trabalho voluntário

Pessoas que fazem trabalhos voluntários são mais felizes, concluíram dezenas de estudos. A ONU credita o voluntariado como uma das razões para a Dinamarca ser o país mais feliz do mundo – 43% dos dinamarqueses regularmente doam seu tempo para boas ações em sua comunidade.

rir2

6 – Comece a rir

Estudos mostram que rir não apenas sinaliza felicidade, mas sim a produz. Quando rimos, nossos hormônios do estresse diminuem e nossas endorfinas aumentam. Endorfinas são as mesmas substâncias químicas que o cérebro associa com aquele “impulso” que as pessoas recebem do exercício físico.Rir também faz bem para o coração. Um estudo descobriu que apenas 8% dos pacientes cardíacos que riram diariamente tiveram um segundo ataque cardíaco dentro de um ano, em comparação com 42% dos que não riram.Estudos ainda mostram que nosso corpo não consegue diferenciar entre o riso falso e o real – as pessoas recebem benefícios de saúde de qualquer maneira. Sendo assim, você pode forçar-se a rir mais, pelo menos um pouco todos os dias, até que você tenha verdadeiros motivos para sorrir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Facebook

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

"Cozinha é um grande laboratório de experiências e um lugar onde todos se divertem, basta perder o medo de arriscar, ousar, brincar. Palavra de Bruxa!"

Sandra Reis

Categorias