Simples Assim


Uma homenagem muito especial!

                                       

Ao contrário da nossa mãe, é muito difícil escrever.
Mas como hoje é o dia dela, estamos aqui para expressar o nosso amor da maneira que tem mais a cara dela: escrevendo e cozinhando (sim, nós fomos para cozinha!).
Hoje nos aventuramos e resolvemos fazer o almoço de domingo: um peixe bem no estilo Simples Assim!
Porém, não foi tão ‘Simples Assim’ (não para a gente!), pois como você mesma diz: as minhas filhas não puxaram o meu lado da cozinha.
E não puxamos mesmo… pense que até o ‘google’ tivemos que usar para saber como se limpa um peixe direito!
E cortar os legumes? 20 minutos essa brincadeirinha besta! Uma perguntando para outra como fazia, cada uma mais perdida!  Ô donzinho esse de cozinhar…Mas valeu! Vale por você e para darmos mais valor a essa cozinheira que a gente tem em casa e ás vezes não valorizamos como devíamos.
Olha como ficou:

                                não está 100% pronto, mas dá pra ter uma idéia rsrs.
Mãe, para você que é nossa fonte de inspiração: é forte quando deve ser e firme, porém leve e engraçada na sua essência, nossa ‘Poliana’. Ri por pouca coisa e faz do bom humor sua marca registrada. Que Deus te conserve sempre assim! Obrigada por tudo!
Só queremos que você saiba o quanto é importante para nós, e quanto a amamos: Simples Assim! 🙂
Ah sim..não podíamos deixar de fora Drummond…
Para sempre
Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
 
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
– mistério profundo –
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.
poema: Carlos Drummond de Andrade
tela: Gustav Klimt (c.1905) – detalhe de ‘ As três fases da mulher’ 
 
  Com todo nosso amor, Lia e Lívia.

  1. Lylia querida, que linda homenagem. Lia e Lívia parabéns pela linda homenagem, são esses minimas gestos, simples assim, que realmente tocam o coração de um mãe. Acreditem, que esse foi o seu melhor presente. Um beijo carinhoso para cada uma de voces: Lylia, Lia e Lívia.
    Feliz Dia das Mães

  2. Que coisa mais linda, minhas filhas! Este foi o melhor presente dos últimos anos…Fiquei emocionada mesmo. O que uma mãe mais quer é essa sensação de amor correspondido, de entendimento do que é ser mãe. Fico feliz que vocês tenham me entendido.
    O amor, como bem nos ensinou Jesus, é o maior de todos os mandamentos e só ele nos faz perceber muitas coisas.
    Obrigada queridas pelo imenso amor que vocês fizeram despertar em mim e por darem motivação e sentido a minha vida.
    Mamãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” Cozinhar é o tipo de coisa que exige um pouco de paixão e ilusão.”

Nina Horta

Facebook

Publicidade

Pinterest

Google Plus

Categorias