Simples Assim


O melhor bolo de chocolate que já comi

Essa história de afirmar que já comeu o  “melhor‘ isso o “melhor ” aquilo é meio perigoso. E isso vale para tudo na vida, o melhor filme, o melhor vinho, o melhor sorvete…A lista é infinita. Eu mesmo já falei de muitos “melhores” e depois apareceram outros ainda melhores. Isso porque sempre tem a próxima vez e ela pode ser  melhor que a outra.
Até março, por exemplo, tinha na minha memória a “melhor” viagem que já tinha feito. Depois dessa que fiz em abril , aquela ficou para trás e essa passou a ser a melhor, até que venha outra tão boa quanto.
E, em se tratando de comida? As experiências são muitas. Você mesmo , agora, vai ser testemunha de um erro que cometi aqui. Tinha apresentado para vocês o “meu melhor bolo de chocolate. Aquele coringa, que sempre fica bom, sempre agrada e é quase sempre usado quando eu quero fazer “aquele” bolo de chocolate. Mas, lamento informar, outro já tomou o seu lugar.

Fiquei pensando em como descrever esse bolo tão gostoso, macio, saboroso e , bonito. Mas os adjetivos falharam e percebi que, de tão bom, nem precisava de adjetivos.Ele próprio é o adjetivo.

Foi um caso de amor à primeira vista.Ele estava lá no blog da querida Cintya, do Cozinhar é Preciso, olhando para mim, fofinho, bonito. Até o nome era sugestivo: Bolo de Arromba ! E, com a descrição dela ”  O bolo fica tão fofinho, mas tão fofinho que nem sei como descrever! Amei o resultado e só quem testar vai entender o que eu estou falando.” Decidi.

 ” Vai ser o meu próximo bolo”.

E, na sexta-feira passada, lá estava eu às voltas com sua confecção.Tudo pronto até que ele ficou tão grande que as duas formas separadas para ele foram pequenas. Sobrou massa. O que fazer? Só tinha duas do mesmo tamanho, a outra era quase igual, mas um pouquinho menor..O que fazer?
Como sou “simples assim” e o bolo era para “consumo interno” mesmo e , como não sou perfeccionista, apelei para a outra forma. Por isso que vocês estão o vendo  meio “desengonçado”.
Chegou a hora, então, da montagem.
Resolvi então fazer uma espécie de naked cake. Caprichei no recheio, mas não cobri o bolo todo. E, que recheio...Totalmente diferente dos recheios de chocolate que já tinha comido. Creme de leite, com chocolate e suco de laranja.Já experimentaram? Pois experimentem.

Aí veio a segunda camada.E o bolo foi crescendo.

E, quando coloquei o último bolo…Uma torre, enorme.
E eu comecei a rir sozinha.Somos só três em casa e aquele bolo enorme para nós…Só eu mesma, exagerada como sou. O que fazer? Até que comi a primeira fatia e vi que aquela gostosura não poderia ficar só aqui, tinha que ser partilhada. Saí então distribuindo bolo e fazendo feliz aqueles que receberam. Não sei quem ficava mais feliz: quem recebia ou eu, que divida algo tão gostoso. Partilhar o que é bom é bom demais.
Fica, então, minha sugestão: faça esse bolo e saía distribuindo alegria por aí. Tenho certeza que você vai se sentir igual a mim: FELIZ
Que nosso fim de semana seja de FELICIDADE, como o sabor desse bolo.
 Bolo de Arromba, daqui
Para a massa
  • 01 xíc. (chá) de manteiga
  • 02 xíc. (chá) de açúcar
  • 04 ovos (claras serão em neve)
  • 01 colh. (chá) de essência de baunilha
  • 03 xíc. (chá) de farinha de trigo
  • 01 xíc. (chá) de chocolate em pó
  • 1 colh. (sopa) de fermento em pó
  • 1 colh. (chá) de bicarbonato
  • 400g de iogurte natural (sem sabor)

Para a cobertura

  • 200g de creme de leite (sem soro)
  • 02 xíc. (chá) de chocolate em pó
  • ½ xíc. (chá) de açúcar
  • ½ xíc. (chá) de suco de laranja ou leite

Preparo
1. Preaqueça o forno (180°C) e unte uma forma redonda de 26 cm.
2. Separe as gemas das claras e bata as claras em neve.
3. Coloque a manteiga, o açúcar e as gemas na vasilha da batedeira, e bata até obter um creme claro.
4. Acrescente, aos poucos, o iogurte natural, a farinha e o chocolate em pó. Depois, bata para se misturarem.
5. Adicione o fermento, o bicarbonato, as claras em neve e a baunilha, e misture tudo, delicadamente, até homogeneizar a massa.
6. Coloque, então, a massa obtida em uma assadeira redonda com buraco no meio, untada e polvilhada.
Eu coloquei em três formas pequenas, para poder receber o recheio.
7.Leve ao forno, por aproximadamente 45 minutos, ou até fazer o teste do palito e este sair limpo.
8. Para fazer a cobertura, coloque o creme de leite sem soro, o chocolate em pó, o açúcar e suco de laranja ou leite em uma panela, mexendo até se misturarem.
8. Por fim, desenforme o bolo, regue com a calda e decore com raspas de chocolate branco ou como preferir. Sirva a seguir.

  1. Nuooossa! Que bolão! rs
    Um dia assistindo a Palmirinha, vi ela fazendo um bolo com esse nome. Dizia que a receita era antiga e fazia quando os filhos eram pequenos.
    Fiquei com muita vontade de fazer, mas como não peguei o programa do início, desisti. E agora, a oportunidade bate de novo à minha boca, ops, porta rs
    Como resistir?! Não dá…

    bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” Cozinhar é o tipo de coisa que exige um pouco de paixão e ilusão.”

Nina Horta

Facebook

Publicidade

Pinterest

Google Plus

Categorias