Simples Assim


Gnudi – um nhoque leve assim

Esse nhoque é conhecido como gnudi e é feito com semolina e ricota e servido com molho de tomate.
Que tal começar a semana com esses deliciosos gnudis. Você conhece? Eu também não conhecia, mas, curiosa como sou, depois que comecei a ver em alguns blogs resolvi experimentar, pois também adoro novidades.
Gnudi, quer dizer “nu”, em italiano e o prato se chama assim porque a receita nada mais é que um tradicional recheio de ravioli, mas sem a massa. Que tal? Feito com semolina e ricota fica pronto num instantinho e tem uma textura bem macia.Você pode servir com molho de tomate ou com manteiga e sálvia como fez minha amiga, Leili. Como meu marido adora molho de tomate, optei por ele. Ficou muito bom!
Experimente e depois me conte.Ah! E com ele, mais uma vez, nos juntamos ao movimento Segunda sem carne.
Que nossa semana tenha todos os ingredientes para ser muito saborosa.Gnudi é uma especie de nhoque feito com semolina e ricota e servido com molho de tomate. Uma delícia.

Gnudi*

Ingredientes:
  • 250g de ricota fresca amassada com o garfo (cerca de 1 xícara)
  • 50g de parmesão ralado fino (cerca de ½ xícara)
  • Noz-moscada ralada, sal e pimenta moída na hora a gosto
  • Semolina ou farinha de trigo, o quanto baste ( eu usei farinha de trigo)
  • Molho de sua preferência

Como fazer: 

  • Coloque no processador a ricota e o parmesão.
  • Tempere com uma pitada de noz-moscada e pimenta.
  • Bata por cerca de 20 segundos, até virar uma massinha.
  • Prove para acertar o tempero (se quiser, coloque mais sal, pois a ricota, geralmente, tem pouco)
  • Se você não tem processador, junte a ricota, o parmesão e os temperos e trabalhe a mistura com as mãos, amassando até ficar cremoso.
  • Você tem que conseguir formar uma bolinha de massa.
  • Se a mistura estiver muito seca, junte um pouquinho de leite para dar liga.
  • Faça bolinhas com cerca de ½ colher de sopa cheia de massa.
  • Agora temos duas formas de prosseguir: com semolina, de um dia pro outro; ou com farinha de trigo comum, para fazer na hora. ( eu fiz com farinha de trigo)
Com semolina:
  • Separe uma vasilha rasa que tenha tampa.
  • Espalhe uma camada de semolina no fundo e disponha as bolinhas em uma camada só.
  • Cubra com mais semolina, até que as bolinhas desapareçam, tampe e deixa na geladeira de um dia para o outro.
Com farinha de trigo:
  • Em uma vasilha rasa, espalhe uma camada de farinha de trigo.
  • Coloque as bolinhas e mexa o recipiente para que fiquem cobertas pela farinha.
  • Leve à geladeira enquanto coloca a água pra ferver.
  • Ponha uma panela grande com água no fogo.
  • Quando ferver, acrescente duas colheres de sopa de sal abaixe o fogo para médio.
  • Transfira as bolinhas de massa para uma peneira e sacuda levemente para tirar o excesso de semolina ou farinha.
  • Mergulhe a peneira delicadamente na água e solte os gnudis na panela.
  • Distribua o molho no fundo dos pratos.
  • Quando as bolinhas boiarem (leva cerca de dois minutos), retire com uma escumadeira e vá servindo direto nos pratos.
  • Finalize com parmesão ralado e ervas frescas – eu usei  manjericão da horta Simples Assim.
– receita daqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” Cozinhar é o tipo de coisa que exige um pouco de paixão e ilusão.”

Nina Horta

Facebook

Publicidade

Pinterest

Google Plus

Categorias