Simples Assim


Um desabafo, um até breve e uma receita

Uma das passagens mais bonitas e certas que já li e que, por acaso, está na bíblia é esta: “Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus”.   
E é essa sabedoria do tempo, da sua brevidade, da sua riqueza e da melhor forma de usá-lo é que venho tentando aprender através dos meus dias. Quero fazer tudo e descubro que tenho “apenas duas mãos e o sentimento do mundo”, como já bem disse Drummond.
Quero ler todos os livros; fazer todas as receitas, postar todas as receitas; estar com os amigos, variar o trivial; rezar; fazer minhas atividades voluntárias; ler, escrever e responder  todos os e-mails; estar mais com minha família; trabalhar melhor; deixar a casa linda, cheirosa; cuidar melhor das minhas plantas, dos meus animais; me cuidar; caminhar; meditar; escrever cartas ( sim, cartas!); assistir mais filmes; estar com os amigos…É pouco? Não , tem muito , muito mais.
O que fazer então? Com tão pouco e com tanto para dar conta? Esse tem seu meu grande dilema diário. Já acordo com uma lista infindável de providências para fazer e quando o dia termina vem aquela sensação de vazio , de ter cumprido muito pouco daquilo que tinha me proposto. E isso tem me gerado uma ansiedade incrível. Não gosto de me sentir assim.Sempre cultivei o bem estar, pois acho que o dever de todo o ser humano é estar bem para estar bem para o outro que está ao seu lado.E, não tenho conseguido estar assim. Pelo meu cansaço e minha ansiedade não estou conseguindo dar o melhor de mim para aqueles que amo. Mas, graças a Deus, recebi o sinal de alerta das minhas amigas.Sim, aquelas mesmas, minhas amigas harmoniosas, que sempre estou falando sobre elas.Ontem comentei com elas no nosso fórum diário sobre meu cansaço e todas foram unânimes em me dizer para dar um tempo, parar, escolher o que fazer, dar prioridade às coisas que gosto. E eu disse: ” Mas eu gosto de tudo que faço..!” Sim, gosto de tudo que faço, mas vi que se quiser continuar fazendo tudo isso tenho que saber dosar. Diminuir o ritmo, desacelerar. E , depois de muito meditar, ouvir “meus botões”, decidi equilibrar melhor o peso nos meus ombros. Infelizmente, para isso, alguns sacrifícios serão necessários, pelo menos por enquanto. Um desses sacrifícios será aqui , no Simples Assim.Não acho justo não estar sempre com vocês, meus amigos, que são sempre tão presentes, que estão sempre aqui, com  mensagens carinhosas. Quero visita-los, participar, escrever, tornar o blog melhor….E tantas outras coisas. Então, decidi diminuir o ritmo até conseguir me organizar. Espero que vocês me entendam.Até lá vou colocar receitas já postadas, para não perder o hábito e o contato com vocês,mas não vou estar presente como gostaria.
Mas, voltarei.Em breve.Mais descansada, organizada e com um Simples Assim bem melhor.Afinal vocês merecem. Obrigada por tudo! Queria mencionar cada um de vocês, mas é quase impossível, pois são tantos!
Deixo então um gostinho doce para vocês com esse Flan de Morango que fiz outro dia e me mostrou que a vida deve ser como ele: leve e gostosa!
Flan de Iogurte com Calda de Morango
adaptada daqui
Ingredientes:
1 envelope de gelatina em pó sem sabor (12g)
1 lata de leite condensado
A mesma medida da lata de leite
2 potes de iogurte natural
6 colheres de sopa de água fria

Misture a água e a gelatina e leve ao fogo em banho maria ou microondas até dissolver. Bata no liquidificador o leite condensado, o leite, o iogurte natural e a gelatina. Coloque o creme em uma forma de pudim molhada e leve à geladeira até firmar (cerca de 4 horas).
Calda: (essa era da receita original, eu fiz com morango)
6 goiabas vermelhas descascadas
1/2 xícara de chá de açúcar
1 xícara e meia de água

Corte as goiabas em cubos e leve-as ao fogo baixo em uma panela com o açúcar e a água. Deixe por 20 minutos ou até que as goiabas estejam se desmanchando. Retire do fogo, bata no liquidificador e volte ao fogo por cerca de 15 minutos ou até que a calda esteja grossa. Se necessário acrescente mais 1/2 xícara de água à calda. Sirva fria sobre o flan.

Calda de Morangos Flambados(Essa foi a que eu fiz)
Ingredientes:

300 g de morangos lavados
2 colheres (sopa) de manteiga
4 colheres (sopa) de açúcar
1/4 de licor de cereja (usei Drambuie)
3 colheres (sopa) de conhaque

 Modo de Preparo:

Seque bem os morangos e retire os talinhos.
Coloque a manteiga em uma frigideira e, assim que derreter, acrescente os morangos.
Misture por 3 minutos e salpique com o açúcar.
Cozinhe até que o açúcar dissolva e comece a formar uma calda. Regue com o licor.
Cozinhe em fogo baixo por 3 minutos e regue com o conhaque.
Aumente a chama e incline levemente a frigideira para que a chama acenda o vapor do álcool liberado pelo conhaque.
Deixe flambar até apagar.

  1. Compreendo-te perfeitamente, Lylia, e sinto muitas vezes o mesmo! Quando há muito para fazer, é natural que algumas coisas falhem, temos de ser tolerantes connosco e procurar fasear as tarefas 😉
    Beijinhos,
    Madalena

  2. Olá Lylia,
    Por vezes existe a necessidade e parar, descansar muito / bem, respirar fundo, priorizar, repartir, dividir tarefas…, mas na realidade em um momento ou outro todas nos sentimos assim.
    Já estamos com saudades suas e de seus agradáveis posts, até breve.
    Beijo,
    Vânia

  3. Boa pausa, buscas e encontros para vc 🙂

    “Desejo que tudo que mais lhe importa floresça. Que cada florescimento seja tão risonho e amoroso que atraia os pássaros com o seu canto, as borboletas com as suas cores, o toque do sol com seu calor mais terno, e a chuva que derrama de nuvens infladas de paz. Desejo que, mais vezes, além de molhar só os pés, você possa entrar na praia da poesia da vida com o coração inteiro e brincar com a ideia que cada onda diz”.
    Ana Jácomo

  4. Lylia, acho que num certo momento todas nós passamos por estas fases e o blog infelizmente acaba ficando em segundo plano apesar de todas as alegrias e amizades que trouxeram. Entendo perfeitamente o que está sentindo, eu mesma passei por alguns longos períodos fora da blogosfera e foram muito saudáveis e necessários. Tome o tempo que for para se renovar e reabastecer e se achar que vale a pena voltar, estaremos te esperando!! Bjss

  5. Querida Lylia
    Realmente para tudo há um tempo!
    Eu também quero fazer tudo isso e muito mais!
    Como você viu lá no blog estamos com o mesmo problema. Decidi postar apenas quando der, sem obrigação e foi tudo bem até agora, mas também vou tirar férias do blog, pois estou num momento ímpar da minha vida.
    Esse flan parece ser mesmo muito leve e gostoso:)
    Bom descanso querida.
    Abraços fraternos
    Léia

  6. Lylia querida,
    Gostei muito da forma como nos descreveste os teus pensamentos…a lista de desejos é grande e muito importante, cheia de coisas saudáveis e indispensáveis ao nosso bem estar. Concordo inteiramente com as tuas amigas, chegou a hora de estabelecer prioridades dentro de prioridades. o tempo não estica e quando chegamos ao ponto de andar ansiosa e menos bem…temos de parar, respirar fundo e apenas pensar por ordem, como se faz com os bens…existem os de 1ª necessidade e os outros. Aqui não se trata de materialismos, mas sim de emoções e sentimentos, foi só um exemplo.
    Eu espero sinceramente que aproveites bem esta pausa merecida e voltes mais feliz!
    Quanto a nós, é claro que ficaremos a aguardar o regresso 🙂

    Este pudim ficou lindo, gostei muito e levo a receita. Já fiz um flan de iogurte e gostei, mas usei como calda, o caramelo.

    Debaixo dos céus há um tempo certo para tudo….um texto lindíssimo e muito encorajador.
    Beijinho e até breve querida!

  7. Lylia, a lista de coisas a fazer é infindável e quase sempre falta tempo, mas veja o lado bom…tanto desejo em aprender, se relacionar, inovar, atender a tudo e todos…é vida em movimento, quantas pessoas vc deve conhecer que não tem vontade de fazer nada, não sente prazer em nada, então, com vc é diferente…vc quer abraçar o mundo e isso é muiiito bom, mas todos precisamos de qualidade de vida, de um pouco de sossego…por isso, descanse, se organize, relaxe e vá cuidando de uma coisa de cada vez…nós estaremos te esperando…sem pressa!!Um forte abraço e seja feliz!!

  8. QUERIDA LYLIA,
    VAMOS FICAR AQUI TE ESPERANDO, VC É UMA PESSOA
    ILUMINADA AO QUAL GOSTAMOS MUITO.
    TODOS NÓS PRECISAMOS DE UM TEMPO PRA TUDO NA VIDA,
    APROVEITA PRA DESCANSAR, PASSEAR E CURTIR OS AMIGOS
    REAIS E A FAMÍLIA!
    A RECEITA DO SEU FLAN É BOA DEMAIS, FICOU LINDO!

    FICA COM DEUS, ATÉ BREVE!
    BJS ♥

  9. Simples Assim… é tão somente simples assim… descansares, recuperares, tudo o que tu quiseres desde que seja para o teu bem… por isso leva o tempo que quiseres e posta quando te apetecer.
    Cá estarei… também eu não posto diariamente, mas sim semanalmente, por razões que tu mesma dissestes. Cada uma de nós anda ao seu próprio ritmo 🙂
    Fica muito bem.
    beijinhos

  10. Nossa Lylia, lendo o seu post, parece que eu estava falando comigo mesma diante de um espelho… manter um blog não é uma tarefa fácil como mts pensam, toma tempo… tempo este, penso eu, que eu poderia passar mais com a minha família, bordando, lendo, passeando, indo ao cinema… enfim, fazendo tantas outras coisas que eu gosto, mas qdo me vejo estou aqui sentada digitando, criando posts para o blog, por outro lado, é mt prazeroso a amizade dos amigos virtuais e por isso, pensando neles é que continuo, mas é preciso dosar as coisas na vida… o seu post me fez refletir muito…
    Desejo de coração que você alcance tds os seus objetivos e metas.
    Bjsss
    Sileni
    http://www.viveraprendendo.com

  11. A janelinha de comentário não abriu, somente a de "responder", espero que não se incomode…

    Sabe, Lilya, nós mulheres temos esse defeito de nos cobrar demais e querer fazer tudo junto agora… É assim mesmo, normal, e o cansaço uma hora nos pega.

    Eu faço coro com todas as outras leitoras do seu espaço. Que vc volte, sim, em breve, com novo ânimo, com a mente descansada e que todas nós possamos continuar trilhando esse caminho virtual tão gostoso mas sem nos esquecermos do real.

    Um beijo e até a volta!

  12. Querida Lylia todas nós temos um grande defeito ou será qualidade??? de querer dar conta de tudo na hora da gente, mas nos esquecemos que somos pobres mortais e que um dia a coisa sobrecarrega tanto a ponto de termos que escolher e priorizar certas coisas na vida. Este é o seu tempo e todas nós entendemos e queremos que vc fique bem. Então dê-se um tempo sim pra depois voltar com mais vigor ainda. É claro que sentiremos muito sua falta, mas se é pra ter vc inteirinha daqui um tempinho, bem inho mesmo..rsrsrs…nós esperamos com muito carinho e torcendo pra que vc descanse.
    bjos e fique com Deus,
    Marlene

  13. Lylia querida amiga, entendo vc perfeitamente as vezes me vejo perdida como vc, pois tem tantas coisas que gosto de fazer, e não estou conseguindo dar conta de tudo, te entendo amiga, cuide das suas coisas, não tenha pressa, nós aqui com certeza estaremos te esperando. Que vc volte revigorada e feliz com o que sabemos que vc gosta e faz com tanta dedicação: Seu blog. Sentirei saudades, mas estarei sempre aqui. Obrigada pelo carinho em meu blog. Beijinhos, excelente final de semana

  14. Hum Lylia Minha amiga, que esse Flan está arrasador! Bom D++++
    Meu anjo, vamos ficar roxinhas de saudades, mas se é pro seu bem o melhor que tem a fazer é ouvir seu corpo. Quando ele pede pra descansar é porque está precisando mesmo. E desacelerar é a melhor opção.
    Vou sentar aqui em sua cozinha e esperar por sua volta,tá?rsrs
    Sempre que for possível virei tomar um cafezinho contigo e prosear,lógico!!!
    Bjinhos e se cuida,viu?

  15. Queridos amigos,
    Lendo cada comentário carinhoso que vocês deixaram aqui, vi que já conquistei tantos amigos e que não é justo ficar longe deles. Sinto falta de cada um de vocês. De verdade. Então, resolvi dosar as postagens, aprender com o tempo, mas não ficar longe daqui.
    Obrigada pela força.É muito bom contar com vocês.
    Bj,
    Lylia

  16. Querida, sei bem o que é isso. Há uns dois anos tive que aprender a lidar com a minha falta de tempo. triste, me rendi de certa forma. mas muitas noites vou para a cama me sentido falida por nao conseguir fazer todas as coisas que realmente gosto. E muitos dos meus dias se resumem praticamente ao meu trabalho. e chegar em casa ,fazer um jantazinho e dar uma relaxada. mas confesso continuar com listas interminaveis do que quero. pois temos que sempre buscar o que nos faz feliz. nem sempre podemos fazer tudo planejado, mas deixar de almejar é triste na minha opiniao. Espero que vc ouça um tiquinho o seu coracao . e nao se deixe exausta. mas continue com a listinha. Pois acho que ela puxa a gente para a frente. Tem sempre o dia de amanhã.será que me contradisse?beijocas.

  17. Lylia,
    É por pensar tanto na qualidade de vida, que não faço posts diários, por exemplo. Não poderia jamais dar conta de conciliar tudo que faço, se continuasse no ritmo que estava. Entendo perfeitamento você.
    Seja feliz!
    Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Queremos ouvir você!

Novidades!

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

“Cozinhar com sabor são delícias compartilhadas com amor !”

Aimara Shindler

Categorias