Simples Assim


Clafoutis de Abobrinha com tomates caramelizados

 

A hora alegre do dia. Assim é, para mim, a hora do jantar, quando todos estamos reunidos em volta da mesa. Um hábito que procuro cultivar , apesar dos horários desencontrados, das agendas cheias, dos tantos apelos, mas reunir a família em torno de uma gostosa refeição é muito bom. É o momento em que conversamos, relaxamos , atualizamos as novidades, estreitamos nossos laços .Claro que nem todo o dia isso é possível, mas quando dá é bom demais. E, nesses dias faço questão de fazer algo gostoso, mas ao mesmo tempo saudável e simples assim.

Afinal,a comida do dia a dia deve ser saudável para o bem da nossa saúde.

Nem sempre é fácil escolher a receita que preencha todos esses itens. Procuro sempre variar, pois até a comida mais gostosa, se oferecida todos os dias acaba ficando sem graça. Nessas horas lembro sempre do meu querido poeta Drummond que dizia que ” é ruim ficar acostumado, não se vê mais nada”.
A receita que trago  hoje foi resultado dessas procuras. A abobrinha estava em plena safra, com preços ótimos, a geladeira cheia delas, o que fazer.?
Foi quando vi essa receita, do excelente Sal de Bolinha, que sempre partilha delícias conosco.Com todos os ingredientes em casa não tinha como não fazer. Já tinha experimentado clafoutis de tomate cereja, mas ainda não tinha feito com abobrinha.
Ficou uma delícia, pois a adição dos tomates caramelizados deu um sabor todo especial ao prato.Muito bom. E, versátil também, pois você pode substituir a abobrinha por berinjelas, ou brócolis que vai ficar igualmente delicioso.
Experimente reunir seus queridos em torno de comidinhas gostosas como essa e, você vai ver que até o humor melhora.
Ótima quarta para todos nós.

Clafoutis de Abobrinha com tomates caramelizados , receita daqui

Para o recheio:

– 2 colheres (sopa) de azeite
– 1 cebola roxa fatiada
– 2 dentes de alho picados
– 1 folha de louro
– 300 gramas de tomates cereja
– 1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
– 1 colher (chá) de açúcar (usei mascavo)
– 1 abobrinha italiana bem verde (cerca de 200 gramas) cortada em rodelas ( usei duas)
– 10 folhas de manjericão

Para a massa:

– 3 ovos
– 1 ½ xícara de leite
– 1 xícara de farinha de trigo ( coloquei só meia xícara)
–  1 colher (chá) de fermento químico em pó
– ½ xícara de queijo ralado (usei parmesão, mas pode ser  qualquer outro que derreta bem)
– Sal e pimenta à gosto

Como fazer:
  • Preaqueça o forno a 200 graus. Unte uma assadeira média (a que usei tem 30 x 22 cm).
  • Em uma frigideira grande, no fogo médio, aqueça metade do azeite.
  • Junte a cebola e mexa até que ela comece a amolecer.  Junte o alho e a folha de louro e mexa por alguns segundos, até perfumar.
  • Adicione os tomates inteiros e deixe cozinhar por cerca de 3 minutos, mexendo delicadamente de vez em quando, até que a pele deles comece a enrugar levemente.  Junte o açúcar e o vinagre e deixe cozinhar por mais 3 minutos. Retire a folha de louro e transfira o tomate para uma vasilha.
  • Na mesma frigideira, no fogo alto, coloque o restante do azeite e salteie a abobrinha por alguns minutos, apenas até dourar.
  • Faça isso aos poucos, pois se ficarem amontoadas na frigideira, vão soltar agua e cozinhar em vez de dourar.
  • Em uma vasilha, bata os ovos com o leite.
  • Misture o fermento à farinha e adicione aos poucos, mexendo com um fouet até que vire uma massa lisa.
  • Junte o sal, a pimenta e o queijo e misture.
  • Espalhe o recheio de abobrinha, cebola e tomates no fundo da assadeira .

Entorne o líquido por cima. 

  • Espalhe as folhas de manjericão no topo e leve ao forno por cerca de 30 minutos ou até que o clafoutis esteja firme e dourado na superfície.
  • Espere esfriar um pouco e sirva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Adicione esse tempero

” O cozinheiro é um artista que vê no ingrediente uma tela em branco.Nos temperos as tintas e então com sua alma criativa mescla textura, formas e sabores, fazendo do prato de comida a mais pura obra de arte.”

Marina de Carvalho Mendes

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Categorias