Simples Assim


Um arroz que vale uma refeição – Arroz à grega

Gosto muito de arroz como acompanhamento e, muitas vezes, até como prato principal. Já mostrei várias versões de como o arroz pode ser tranformar na vedete de uma refeição, como o arroz  marroquino  e arroz carreiteiro de tres carnes. Hoje trago um que é o meu preferido para acompanhar uma carne assada, um frango ou um peixe grelhado. Mas, versátil, como é, se você servi-lo sozinho, garanto que será uma deliciosa refeição.

Antes de fazer essa postagem, procurei a origem do arroz à grega,,mas não descobri em lugar nenhum. A única informação é que ele nunca existiu na Grécia, conforme está no livro “Esses Pratos Maravilhosos e Seus Nomes Esquisitos”, da pernambucana Maria Lecticia Cavalcanti. Fico devendo essa informação para vocês.
O meu arroz à grega é bem colorido e não é nada light..Gosto de acrescentar manteiga e queijo ralado.Mas, se você preferir pode fazer em uma versão mais light, sem nada disso.
E, lembrando e honrando as segundas sem carne, lembrei desse prato que pode ser uma ótima opção para hoje.
Que nossa semana seja colorida e gostosa como esse arroz.
Arroz à grega do meu jeito
Ingredientes:
  • 2 xícaras de chá de arroz
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 4 xícaras de água fervente
  • 1 cubo de caldo de carne 0% de gordura
  • 3 dentes de alho amassados
  • 1 cenoura cortada em cubinhos
  • 1 pimentão verde cortado em cubinhos
  • 1/2 pimentão amarelo cortado em cubinhos
  • 1/2 pimentão vermelho cortado em cubinhos
  • 1 sachê de ervilhas Fugini escorridas
  • 1/2 xícara de uva passas sem sementes
  • 1 colher de sopa de manteiga Mococa
  • 2 colheres de sopa de queijo ralado
  • sal e pimenta do reino branca moída à gosto
  • 1/4 xícara de cebolinha picada

Como fazer:

  • Lave o arroz e reserve.
  • Leve ao fogo as 4 xícaras de água e após a fervura acrescente o caldo de carne e deixe desmanchar. Apague o fogo.
  • Em uma panela média esquente o azeite e coloque o alho.
  • Deixe dourar um pouco.
  • Acrescente a cenoura e os pimentões e envolva-os nesse tempero.
  • Acrescente o arroz e misture bem.
  • Acrescente a água fervente e dê uma rápida mexida.
  • Tampe a panela e não mexa mais.
  • Deixe cozinhar em fogo baixo.
  • Enquanto isso ferva uma xícara de água , apague o fogo e coloque as ervilhas para amolecerem mas ficarem al dente.
  • Depois do arroz cozido, mas ainda quente, coloque em uma travessa e misture a manteiga, o queijo, a cebolinha, as passas e as ervilhas.
  • Polvilhe com mais queijo parmesão e leve à mesa.
  • Delícia!
  • Sirva sozinho ou acompanhado de uma  carne preferida

Arroz Maluco
Uma galinhada chique Assim
Loucura na Pressão

  1. Oi Lylia, eu adoro arroz à grega, faz muito tempo que não preparo, era algo sempre presente nas noites de Natal na casa da minha mãe nos tempos da juventude, depois por alguma razão paramos de fazê-lo…que bom revê-lo aqui, sua versão está tentadora!
    Bj e boa semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

"Cozinha é um grande laboratório de experiências e um lugar onde todos se divertem, basta perder o medo de arriscar, ousar, brincar. Palavra de Bruxa!"

Sandra Reis

Categorias