Simples Assim


6 técnicas saudáveis para cozinhar alimentos – Terça das dicas

49964140-mother-cooking-woman-cooking-in-kitchen-housewife-family-lifestyle-vector-illustration

Quem  quer cozinhar os alimentos de forma mais saudável levante mão.Acho que todos nós, não? Quando se trata de preparar alimentos, muito de nós estamos presos em uma só forma de cozinhar e geralmente usamos e abusamos das frituras.Mas, saibam que existem formas bem mais saudáveis e que não afetam o sabor.
Hoje vou falar sobre 6 dessas formas. A minha e  a sua saúde vão agradecer.

 1- Tostar
frango tostado
Usando o calor seco do forno para cozinhar alimentos, tostar é semelhante a assar, mas geralmente é feito em temperaturas mais elevadas, o que resulta em um alimento ‘‘bronzeado”, com sabores saudáveis.
É um método relativamente de mãos livres, porque uma vez que a comida está no forno, você não precisa ficar mexendo e virando de lado toda hora, embora precise fazer isso de vez em quando. Também é preciso adicionar, às vezes, algum líquido para que que o alimento não fique seco.
Melhores alimentos para esse método:

Grandes peças de carne macias e frangos inteiros são ideais. A maioria dos legumes também podem ser tostados e essa técnica funciona especialmente bem com vegetais densos como abóbora, batata, batata-doce, beterraba e nabo. Esse processo concentra os açúcares naturais do alimento e mantém os seus sabores.

2 – Assar
rosbife

Nesse processo, usa-se o calor seco do forno para cozinhar alimentos. Tostar e assar são frequentemente usados alternadamente, mas tostar implica cozinhar a uma temperatura bem mais elevada do que assar..

Melhores alimentos para esse método:
O termo assar faz você pensar automaticamente em bolos, biscoitos e outras sobremesas. Cozer alimentos que contêm uma grande quantidade de água, como frutas, permite que a sua umidade natural evapore lentamente, enquanto o calor suave do forno ajuda a concentrar o sabor. Tomates, batatas-doces e cogumelos são outros alimentos ótimos para serem assados. Pedaços de tamanhos uniforme de frutos do mar, frango ou carnes magras podem ser assados em uma assadeira aberta, adicionando um pouco de azeite para evitar que sequem. Pratos gratinados também funcionam bem assados no forno, mas essas iguarias muitas vezes usam manteiga e queijo com muita gordura. Em vez disso, você pode usar alternativas mais saudáveis, como leite e queijos com baixo teor de gordura
3 – Grelhar
grelhar

O alimento é cozido na grelha, em uma fonte de calor, como um fogo de carvão ou briquetes de cerâmica, aquecidos por uma chama a gás. Este método é rápido e produz sabores robustos.

Você pode grelhar de frutas e legumes a aves, peixes e  carnes.

4 – Cozinhar na água
tap

Esse procedimento consiste em cozinhar o alimento completamente submerso apenas em água, ou um líquido saboroso fervente, como algum tipo de caldo, vinho ou suco, até ficar macio. Embora geralmente seja feito no fogão em uma panela coberta, você também pode colocar o alimento submerso na água, enrolar em um papel alumínio e depois cozinhá-lo na grelha.

Melhores alimentos para este método: 
É ideal para alimentos delicados, que são normalmente magros e de baixa caloria e precisam de tratamento cuidadoso para evitar que quebrem ou cozinhem demais, como: ovos, peixe, frango, aspargos e peras.

5- Cozinhar no vapor
steamer
 

Um dos métodos de cozimento mais suaves, cozinhar a vapor é uma técnica com calor úmido que realça o sabor de peixe, frango e legumes. O alimento é colocado em um recipiente cheio de furinhos, no topo de uma panela com um líquido em ebulição como: água, caldo de carne, suco, cerveja ou vinho. É preciso colocar uma tampa apertada para manter o vapor. Nesse processo, os alimentos cozinham em um ambiente quente e úmido. Uma vez que o alimento não é tocado pelo líquido, é menos provável que ele desmanche quando cozido ou que absorva muita água.

Melhores alimentos para este método: 
Esse método funciona melhor para os alimentos que necessitam de umidade e que devem ser suavemente cozidos, mas não crocantes, quando servidos. Quase todos os legumes podem ser cozidos a vapor, exceto aqueles de textura esponjosa como cogumelos e berinjela. As proteínas delicadas e leves como frango, peixes e mariscos funcionam bem quando cozidos dessa forma, enquanto carne bovina, suína e de cordeiro não funcionam.

6 – Refogar
braise-veggies1
Um método de cozimento no fogo alto, onde você tosta pedaços pequenos de alimentos com pouca quantidade de óleo e vira-os constantemente para não queimar.
Melhores alimentos para este método: A maioria dos legumes podem ser refogados e até mesmo verduras, como o espinafre, que cozinham em segundos. Pequenos pedaços de carnes, como peito de frango, camarão e moluscos, podem ser refogados também, bem como peixes que não são tão macios e desmancham. Leva apenas de dois a cinco minutos para cozinhar o alimento nessa técnica, e assim os vegetais ficam crocantes e com cores vivas, e as carnes douradas e suculentas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Queremos ouvir você!

Novidades!

Facebook

Publicidade

Instagram

Google Plus

Adicione esse tempero

“Cozinhar com sabor são delícias compartilhadas com amor !”

Aimara Shindler

Categorias