Simples Assim


Pão recheado com calabresa – Quinta sem glúten

Este Pao recheado com calabresa não leva glúten e fica bem fofinho.É feito com fermento químico e com farinha de arroz e polvilho azedo.

Este Pão recheado com calabresa talvez tenha sido um dos melhores pães sem glúten que já fiz.

Ele fica muito fofinho e o recheio combina super bem com a massa. Mas você pode variar o recheio e colocar aquele que mais gostar, como atum, frango ou palmito.

Fica uma delícia servido com um cafezinho ou mesmo para acompanhar o drink : é só cortar em pedacinhos menores e colocar um fio de azeite.

Mais um pão aprovadíssimo para a nossa “Quinta sem glúten”, juntamente com o Pão doce, o Pão sem glúten infalível e o Pão de trigo sarraceno, dentre tantos outros.

Uma quinta especialmente feliz para nós!1
Pão recheado com calabresa sem glúten *

Este Pao recheado com calabresa não leva glúten e fica bem fofinho.É feito com fermento químico e com farinha de arroz e polvilho azedo.

Ingredientes:
  • 1 copo de iogurte natural desnatado (170 g)
  • 1/2 xícara de azeite ou óleo
  • 3 ovos
  • 50 ml de leite
  • 2 xícaras de farinha de arroz
  • 1 xícara de polvilho azedo ou doce
  • 1 colherinha de café sal ou a gosto
  • 1 colher de sopa rasa de açúcar demerara
  • 1 colher de sopa de fermento em pó químico
  • calabresa, queijo e  azeitona picadas.
Como fazer:
  • Untar uma forma de pão e polvilhar farinha de arroz. Reservar.
  • Bater todos os ingredientes no liquidificador, menos o fermento.
  • Misturar o fermento sem bater.
  • Colocar metade da massa na forma.
  • Espalhar o recheio.
  • Colocar por cima do recheio o restante da massa.
  • Levar ao forno 180 º C até dourar.
  • Retirar do forno e esperar um pouquinho para depois desenformar.
  • Deixar esfriar em uma grade.
  • Cortar depois de frio.
Dicas:

1 – Não abrir o forno antes de 20 minutos depois que colocar o pão para assar.

2 – Algumas farinhas são mais grossas e outras mais finas, e por isso as vezes pode mudar a textura da massa. Caso achar a massa muito grossa pode incluir mais um pouquinho de líquido e se achar mole pode adicionar mais um pouquinho de farinha. Sempre aos poucos.

3 – Nunca guardar o pão em recipiente fechado enquanto estiver quente ou morno.

*receita da Gilda do  @cozinhandosemglúten

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lylia Diogenes

Jornalista, blogueira, mãe, esposa, filha, sogra, amiga, irmã. Leitora voraz, curiosa, destemida, alegre, sensível, apaixonada pela vida, por animais, por viagens, por comidas gostosas, por boas bebidas, frio, silêncio, natureza, paz. Assim sou eu, do jeitinho que me vejo. Múltipla na unidade e acreditando, sempre, que o melhor está por vir.

Novidades!

Facebook

Pinterest

Google Plus

Categorias

Copyright © 2016 Lylia Diógenes - Todos os direitos reservados | Simples Assim.
DESENVOLVIMENTO:ELOAH CRISTINA